• fessal

O Jardim das Delícias

O Jardim das Delícias é um respiro em meio a tantas angústias que a vida nos reserva e a minha forma de quebrar arquétipos e limitações, que tenho em forma de externalização.




Hoje vivencio a fase chamada "Jardim das Delícias", onde investigo as relações pessoais com seus meios de vida. Tenho como ponto de partida o local que habito, meu entorno com as formas que observo, onde transformo vegetações e corpos em imagens que agrego e levo para um outro sentido de visualização.


Jardim das Delícias é um estado de consciência, é um gesto dado ao sentido de ser, na intenção de alcançar questionamentos, de conseguir ver além da matéria, além do que pode ser tocado.

0 comentário